quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

[Parceira] Mônica Cadorin

| |
A Autora


Mestre em História e Crítica da Arte pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Dedica-se à literatura desde 1985, escrevendo principalmente romances. É Membro Correspondente da Academia Brasileira de Poesia - Casa Raul de Leoni desde 1998 e Membro Titular da Academia de Letras de Vassouras desde 1999. Publicou oito romances, além de contos e poesias em antologias. Desde junho de 2009 publica em seu blog textos sobre seu processo de criação e escrita, e curiosidades sobre suas histórias. Em 2015, uniu-se a mais 10 escritores e juntos formaram o canal Apologia das Letras, no Youtube, para falar de assuntos relacionados à literatura.


Facebook - Escrever para mim
Instagram - @monica_cadorin 

Seus livros

O Destino Pelo Vão de Uma Janela


Sinopse: Gustave Neville invade o quarto de Marie no meio da noite. Eles se apaixonam e se casam, e vivem felizes até que Jacques aparece para trazer a desconfiança.


O Processo de Ser


Sinopse: Ilya e Tatiana são irmãos mas têm temperamento e objetivos de vida diferentes: enquanto Tatiana quer uma vida igual à de todo mundo, Ilya busca a solidão e a vida interior. De forma simbólica, eles são o Um e o Outro, Eros e Tânatos, o Belo e o Sublime.


Pelo Poder ou Pela Honra


Sinopse: Dois irmãos disputam a terra deixada pelo pai como herança. Ambos têm convicção de seu direito, por isso não cedem, e chegam às últimas consequências para alcançarem seu intento. Uma terceira figura - um servo - pode acabar se tornando peça-chave na solução dessa disputa.


O Aro de Ouro


Sinopse: O Aro de Ouro é um lugar onde não existe morte nem sofrimento; onde a sociedade organizada vive em harmonia, porque todos respeitam as leis. Lucas e Vera são dois estrangeiros que vão experimentalmente morar nesse lugar. Lá eles descobrem que o paraíso, de fato, não existe.


Nem Tudo Que Brilha ... 


Sinopse: Roberto e Isabel, recém casados, vão morar numa linda casa do início do século XX. Eles encontram objetos deixados pelos antigos moradores - um quadro com o retrato de uma mulher, uma penteadeira, um baú cheio de vestidos antigos e jóias - e se envolvem num mistério que pode custar suas vidas.


O Maior de Todos


Sinopse: Durante os anos da Peste Negra na Europa, um jovem rei e seus ministros tentam governar um pequeno reino, embora um deles se considere mais poderoso do que todos os outros (inclusive o Rei), o que gera todo tipo de conflito entre eles. Há um golpe de estado pressentido, de alguém que age nas sombras, usando jovens nobres para executarem seus planos. O rei se casa com uma princesa estrangeira, e eles têm um filho - um herdeiro, tão necessário a quem tem a vida em risco. Então um acidente muda toda essa estrutura, deixando o Rei numa posição ainda mais frágil.


Primeiro a Honra


Sinopse: Rosala é prometida em casamento a Toulière, mas ela ama Thierry. Os dois fogem mas Toulière os alcança. Após essa tragédia pessoal, Rosala acha mais seguro fazer-se passar por homem: assim surge Ailan. Enfraquecida e faminta, ela vaga alguns dias, até encontrar Berta, que a acolhe e lhe dá chance de se recuperar e planejar sua vingança, objetivo de uma vida esvaziada pelo sofrimento. Rosala tem também a ajuda de Rudbert, filho de Berta, que, com o objetivo de fazer de Ailan um homem forte, pode também conseguir que Rosala volte a amar.

A Noiva Trocada


Sinopse: Assunción chega ao Rio de Janeiro para se casar com Henrique, um noivo que ela nunca viu. Quando os empregados dele vêm buscá-la, encontram-na desmaiada, e acham melhor levar outra moça, que se faça passar pela noiva no dia da chegada, para causar uma boa primeira impressão ao noivo. Inês é contratada para esse fim e cumpre bem seu papel mas Assunción não toma seu lugar no dia seguinte, por ainda não estar bem, e deixa espaço para que Henrique se apaixone pela falsa noiva e descubra que foi enganado.

Construir a terra, conquistar a vida


Sinopse: Duarte Correia e Fernão Lopes vêm de Salvador para o Rio de Janeiro com Mem de Sá expulsar os franceses e aqui constroem suas vidas. Mesmo a vida simples e cotidiana é uma aventura no Brasil do século XVI, quando os moradores tinham que enfrentar os animais selvagens que aqui viviam, índios hostis, estrangeiros invasores. Nos momentos de tranquilidade, abriam ruas e construíam casas, para dominar o espaço.  Duarte e Fernão tomam parte nos eventos da cidade, além de terem suas próprias vidas para decidir.


Em breve terá resenha do livro O Aro de Ouro, fiquem ligados!

Abraços, Alana Markele.


Um comentário:

  1. Caramba! Nove livros publicados!! Uau!

    www.misteriosliterarios.com.br

    ResponderExcluir