quinta-feira, 11 de agosto de 2016

[Resenha] A Rainha Vermelha

| |
Título: A Rainha Vermelha
Autora: Victoria Aveyard
Ano de publicação: 2015
Editora: Seguinte

SINOPSE: O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses.
Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso… Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho?
Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe — e Mare contra seu próprio coração.




A Rainha Vermelha é o primeiro livro da trilogia escrito por Victoria Aveyard e a história já promete uma adaptação incrível para os cinemas.

Marre Barrow nasceu em um mundo dividido, onde quem nasce como ela, com o sangue vermelho são levados a viverem uma vida de privações, são pessoas simples - e pobres - que vivem sobre a opressão da elite que nasceu com o sangue prateado.

Vermelhos e Prateados. Essa é a divisão do mundo que Mare conhece. Um mundo que vive em guerra, uma guerra que não é dos Vermelhos, apesar de serem eles que são encaminhados para os campos de batalha, são os Vermelhos que morrem nas trincheiras, são os filhos dessas famílias que aos dezoito anos são recrutados a irem para o Exército. E apenas aqueles que possuem formação profissional, que são aprendizes de um mestre Prateado é que escapam desse destino.

O aniversário de Mare está próximo. Ela será recrutada, assim como seus três irmãos mais velhos foram. Mare faz tudo o que pode para ajudar sua família, ela não possui a habilidade de sua irmã mais nova para o bordado, portanto não tem uma profissão, sendo assim, ela efetua pequenos furtos no mercado da cidade.

Enquanto o dia de seu recrutamento não chega, ela fará de tudo para proteger Kilorn, seu melhor amigo, quase que um irmão. Entretanto os planos de Mare não saem como ela planejou, e após um encontro inesperado, sua vida muda radicalmente.

Mare se vê dentro do palácio dos Prateados tendo que lutar por sua vida, sustentando uma mentira e tendo que esconder e renegar suas origens, pois agora ela é uma Prateada.

Para os Prateados, sua superioridade está no fato deles possuírem poderes, coisa que os Vermelhos não têm. E como explicar que Mare, uma Vermelha, possui um poder tão letal?

Sendo assim, a Rainha trama um plano para mentir para a sociedade: que na verdade Mare é uma Prateada e a vida toda foi criada como uma Vermelha sem saber de sua "real" origem. Além disso, a Rainha quer fazê-la se casar com o filho mais novo do Rei, um jogo político que envolve ambição e traição. Tudo em nome do poder.

Sem escolhas, Mare embarca nessa vida forjada e aprende a se portar, a mentir brilhantemente e a controlar seu poder. Mas algo muito mais ameaçador e importante estava se desenrolando, simultaneamente no reino. A Guarda Vermelha estava se rebelando e fazendo atentados para provar o poder que tinham. Será que o reinado dos prateados estava com os dias contados?

A vontade de descobrir os mistérios que envolvem a trama de A Rainha Vermelha permanecem por toda a leitura. E não tem como não ficar dividida com o suposto triângulo amoroso, uma vez que Mare tem a atenção disputada pelos dois irmãos, Cal e Maven. A todo momento a autora nos faz duvidar das verdadeiras intenções dos dois príncipes, porém em nenhum momento duvidamos que a Rainha seja realmente uma víbora.

Confesso que em alguns momentos fiquei dividida entre Cal e Maven, os dois príncipes. Cal é o herdeiro do trono e filho da primeira Rainha - já falecida - ele é um soldado e acredita que fará um governo justo quando chegar a sua hora, mas ainda assim ele tem um quê de rebeldia, é o motivo de alegria do Rei e um rapaz gentil. Por sua vez, Maven se sente a sombra do irmão mais velho, é filho da atual Rainha (a víbora kk) e talvez por este motivo, ele nunca me passou aquela confiança, mesmo nos momentos em que ele é romântico.

Essa é sem dúvidas alguma uma distopia incrivelmente inteligente, narrado em primeira pessoa, por Mare Barrow, foi realmente possível "entrar" na história, no mundo criado por Victoria. Em A Rainha Vermelha encontramos um sistema monárquico, revoluções políticas, poderes sobrenaturais e como eu disse antes, romance. Mas fique calmo, o foco da história não está no romance, ele é só um complemento da mesma.

O que mais me fascinou foi a revolução e a resistência diante da repressão, a autora apresentou muito bem o ódio que Mare tinha dos Prateados e como funcionava a submissão dos Vermelhos.

Apesar de este ter sido o livro de estreia da autora, ela em nenhum momento deixou a desejar, e no final do mesmo, ela ainda nos deixa com um quê de quero mais! Estou ansiosa para ler o segundo volume da distopia e pela produção cinematográfica dele, pois tem tudo para ser fantástica!




Acompanhe o blog através das redes sociais:

40 comentários:

  1. Amo esse livro! Minha distopia favorita. Estou louca para o próximo livro ser lançado.
    Parabéns pela resenha

    Bercoliterario.wordpress.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa distopia também entrou para as minhas favoritas! Obrigada :)

      Excluir
  2. Oie!!!
    Li este livro no início do ano e gostei bastante! Conforme bem ressaltado aqui a distopia não foca no romance e sim no sistema onde os "vermelhos" são subjugados e escravizados pelos "prateados", mas não fica somente nisso também e esse balanço entre o que ocorre com a protagonista e com o seu mundo foi muito bem feito pela autora.
    Neste primeiro livro a autora escreveu a ponta do iceberg e no final ela nos mostra que o iceberg é enorme! Fiquei bem curiosa com os contos e com o segundo livro e espero poder lê-los em breve.
    Bjinhos ;)
    Elaine M. Escovedo
    Http://www.caminhandoentelivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso mesmo Elaine, soube descrever melhor do que eu hahaha
      Eu adorei a história e o quanto a autora me surpreendeu! Estou doida para ler os próximos livros logo
      Beijos

      Excluir
  3. Adoro esse livro e adorei a resenha, tá de parabéns <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Me apaixonei por ele também! Obrigada Bia ❤

      Excluir
  4. Esse foi meu primeiro livro para resenhar no blog, tenho um carinho especial por ele por isso.


    Lua xx
    Meu Mundo da Lua - FanPage

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Não li sua resenha dele, depois vou procurar lá ;)

      Excluir
  5. Estou simplesmente louco para ler este livro, ele parece ser INCRÍVEL, já quase comprei. Adorei sua postagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também estava doida pra ler, felizmente ganhei ele de aniversário hahaha
      Obrigada!

      Excluir
  6. Ainda não li, mas sempre ouço coisas boas sobre a série, principalmente sobre o 2º livro, e principalmente da minha amiga. Espero ter a chance de poder ler esse livro logo. Mas pelo que tinha ouvido falar, o gênero era meu preferido há um tempo atrás, então eu deveria ter lido nessa época, mas, fazer o que, né?
    http://www.horadaleituraa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Horrível quando acontece isso né? hahaha Também estou super ansioso para ler, apesar da minha lista estar simplesmente gigante. (quero muito diminuir ela, mas minha vontade de comprar nunca cessa)

      Excluir
    2. o ruim é que sempre vai vindo um livro ou outro e vamos colocando eles no topo da lista kk
      estou com boas expectativas para o segundo livro!

      Excluir
  7. Queria muito ler esse livro, mas li uma resenha tão horrível sobre ele que desanimei total! Quem sabe agora ele não volta para os meus interesses?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sempre aqueles que odeiam e os que amam um determinado livro rs

      Excluir
  8. Já li cinco distopias na vida e posso dizer que fiquei um pouco cansada hahahaha. Delas, duas são atuais e dessas duas teve uma que eu odiei. Isso foi o suficiente pra eu ficar com um pezinho atrás... A Rainha Vermelha, pela sinopse, parece ser um pouco diferente das outras, mas a questão do triângulo amoroso me deixa em dúvidas... Se a autora optou por isso, o que mais ela não fez né? E nesse gênero eu busco coisas bemmmm novas e diferentes. Não sei se leria agora... Talvez com uma super promoção hahaha. Beijos!


    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha que a época de promoções chegou! hahaha
      Como eu disse na resenha, a autora não foca no "triângulo amoroso" por isso eu acho que vale muito à pena, mas eu te entendo, as vezes um certo gênero acaba nos cansando haha

      Excluir
  9. Não gosto muito desse tipo de livro mas fiquei até afim de ler com sua resenha! Vou ler e depois conto minha opinião!

    bjos
    www.causoseprosas.com.br

    ResponderExcluir
  10. Agora eu não sei se leio ou não... Já ouvi críticas ruins desse livro... Quem sabe eu acabe lendo...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com distopias você ama ou odeia, não tem como ficar no meio termo hahaha

      Excluir
  11. Eu ainda não li esse livro,acredita? Pois é. Tou morrendo de vontade de ler ele ☺ só vejo resenhas positivas e quero saber se é isso mesmo .
    Adorei a resenha!!
    Beijos, meumundomeusbooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pensei que eu era a única que ainda não tinha lido hahaha

      Excluir
    2. Muuuita gente ainda não leu esse livro haha eu mesma fui ler só agora k

      Excluir
  12. Alana, nem sei o que falar desse livro já que vejo opiniões diferente a cada resenha que leio, uns amam outros odeiam... Nunca li esse livro, e nem nenhum outro da autora. A sua resenha ficou ótima.
    Beijos.
    http://www.livrofilia.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse foi o primeiro livro que li da autora, e ela me surpreendeu bastante, conseguiu suprir todas as minhas expectativas haha
      Obrigada :)

      Excluir
  13. Alana, fico feliz que gostou. Já vi muita resenha negativa desse livro e é legal ver algo positivo sobre ele. Minha fase de distopias já passou e ter triângulo amoroso não ajuda eu querer esse livro 😯

    ResponderExcluir
  14. Oi, excelente resenha. Já tem data para o filme ou ainda estão nas filmagens?

    Gosto bastante de distopias, mas confesso que ainda não li essa.
    Parece realmente bom.

    Abraços.
    naciadelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem data ainda, e creio que ainda nem começaram as filmagens, até agora só sei que eles compraram os direitos do livro rs

      Abraços!

      Excluir
  15. Esse livro me chamou muito a atenção pela capa dele: QUE CAPA MARAVILHOSA!
    Não conhecia a história do livro, e agora só me deixou com mais vontade de ler!
    Parabéns pela resenha!
    Beijos ;*

    It's Geekly | @wendyfaquim

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que me fez querer ler este livro de início não foi a história dele em si, mas sim a capa! hahaha
      Obrigada ;*

      Excluir
  16. Esse é um dos livros que ainda não li mas morro de amores pela capa! *-* Já li outras resenhas dele e quero mesmo poder ler toda a saga.
    Parabéns pela ótima resenha!
    Beijos
    Tamara
    Blog Tamaravilhosamente

    ResponderExcluir
  17. Amo distopias e estou louca pra ler esse livro com todas as minhas forças! Fiquei até receosa de ler a resenha pq, apesar de saber quer você teve o cuidado de não dar spoiler, não queria saber muita coisa a respeito dele para me surpreender! Rs.
    Mas eu li a resenha e não me arrependi!
    Beijinhos

    www.umadoseparaomeudia.com

    ResponderExcluir
  18. Oláá
    Nossa, eu quero muito ler essa saga!!!
    A cada resenha fico mais ansiosa. haha
    Bjoos

    ResponderExcluir
  19. Que livro maravilhoso! Peguei ele emprestado para minha irma em uma biblioteca, mas ainda não o li. Ele já esta na minha listinha para ler ate o final desse ano <3
    http://detudo-umtodo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  21. Só pela tua resenha eu quero esse livro! Adoro esse tipo de livro e quero fugir um pouco dos " clássicos da literatura". Vou ler esse livro com certeza!
    Lendodesconhecidoblog.wordpress.com

    ResponderExcluir

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. À tempos eu não leio um clássico hahaha
      Leia sim, depois quero saber sua opinião sobre ele ;)

      Excluir
  22. Eu li e adorei 💟
    Ótima resenha 😍

    ResponderExcluir
  23. Nossa só pela resenha apaixonei <3
    Quero muito ler!

    ResponderExcluir